Suíça 2013 parte 6 – Luzern – Museu do Transporte Suíço

Suíça 2013 parte 6 – Luzern – Museu do Transporte Suíço
28 de julho de 2013 gefe-silva

Por volta das 14:30 do dia 22 de Abril pegamos um barco para cruzar o lago e fomos visitar o Museu do Transporte Suíço.

O Museu foi inaugurado em 1959 com um conceito inovador, onde o visitante podia tocar nos objetos, entrar e interagir com eles.

É um dos mais importantes museus do mundo e o maior e mais visitado da Suíça. Este museu apresenta a história do desenvolvimento dos transportes e das comunicações.

Nele o visitante encontra trens, carros, teleféricos, barcos, aviões e muito mais.

O museu recebe em média 800 mil visitantes por ano e tem um volume de negócios que gira em torno de 20 milhões de francos por ano.

O museu é simplesmente fantástico. Na primeira parte podemos conhecer toda a evolução dos trens na Suíça. São muitas locomotivas expostas, sendo que é possível entrar em algumas delas. Os modelos são os mais variados possíveis, passando pelas locomotivas elétricas, à vapor, onde podemos inclusive ver uma “Maria Fumaça” em corte, mostrando toda a parte de tubulações e até um modelo puxado por cavalos.

Saindo desta área, temos o pátio com contêineres, guindastes e algumas atividades para as crianças. Em seguida entramos na área dos automóveis. Lá dentro o visitante encontra uma espécie de prateleira com dezenas de veículos antigos. Uma espécie de jogo interativo proporciona aos espectadores a oportunidade de escolher um veículo para ser apresentado. Após o veículo ser escolhido, uma plataforma automatizada vai até a “prateleira”, coleta um dos veículos e o traz até uma base rotatória onde o mesmo fica girando enquanto ocorrem explicações sobre o modelo. Claro que a parte dos automóveis não para por aí. Motores, veículos de crash test, caminhões e muitas outras atrações estão expostas nesta área.

Em seguida encontramos a seção dos barcos. Aqui existem vários modelos de barcos utilizados ao longo da história. Alguns em tamanho real e outros em miniaturas. Podemos ver ainda uma maquete que mostra o funcionamento de uma eclusa.

Após a área dos barcos chega a hora dos teleféricos, um equipamento amplamente utilizado na Suíça. O visitante encontra aqui vários modelos que foram evoluindo e chegaram até a fase atual. Vendo a evolução, concluímos que as pessoas que utilizavam os primeiros teleféricos tinham muita coragem, pois os mesmos não transmitiam a sensação de segurança dos modelos atuais.

A área seguinte é uma das mais legais, é a parte que mostra a aviação. Muitos modelos de aviões e helicópteros de verdade estão expostos em um ambiente fechado, estando alguns pendurados no teto e outros no chão. No lado de fora, um DC3 da ex Swissair está com as portas abertas, permitindo ao visitante entrar nele e presenciar uma parte da história da aviação.

Ainda no prédio da aviação, existe uma parte reservada para a exploração espacial. São vários satélites, fotos, vídeos e até mesmo um modelo em tamanho real de um cômodo de uma estação espacial, onde o visitante pode entrar e ver de perto como tudo funciona, impressionante.

A nossa visita no museu durou um pouco mais de 3 horas e sentimos que foi meio corrido. Então a dica é reservar no mínimo a metade de um dia inteiro para a visitação.

Saindo do museu pegamos um barco para voltar ao centro de Luzern, onde jantamos, andamos pela cidade e voltamos ao hotel para descansar um pouco, pois o dia seguinte reservava muitas caminhadas.

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=E5hyZkCrDL0[/tube]