Suíça 2013 parte 3 – Stelvio e Livigno (Itália) e um pedacinho da Suíça.

Suíça 2013 parte 3 – Stelvio e Livigno (Itália) e um pedacinho da Suíça.
7 de julho de 2013 gefe-silva

Dia 21-04-13 Livigno.

Neste dia saímos cedo do hotel em Stelvio e voltamos por parte do caminho do dia anterior em direção à Livigno.

Chegando novamente na barragem, segue-se por sua lateral, até a praça de pedágio, onde paga-se a “simbólica” quantia de CHF 32,00 (R$ 72,00). Seguindo poucos quilômetros adiante, sempre descendo uma estrada que vai acompanhando a barragem por um bom trecho, já é possível avistar a cidade.

Livigno é uma cidade italiana da região da Lombardia, província de Sondrio, com cerca de 5.065 habitantes. Estende-se por uma área de 211 km²

A característica que torna Livigno tão interessante é que ela é uma cidade “Zona Franca”, ou seja, você pode comprar produtos isentos de impostos. Lugar perfeito para deixar alguns Euros em perfumes, bebidas e roupas de inverno. Resumindo: Nada mais sensato do que circular pela cidade em busca de preços bons.

A cidade possui 76 pistas de esqui, divididas entre 31 lifts, que são os teleféricos que levam os esquiadores até as áreas próprias para a pratica do esqui. Na base de uma das estações havia um evento com música ao vivo, serviço de bar e, acreditem, uma piscina construída dentro da neve, aonde alguns esquiadores vinham descendo o morro e se jogavam dentro dela, ignorando a baixa temperatura local.

Após circular um pouco pelo centro da cidade resolvemos pegar um teleférico para conhecer um pouco mais de perto uma das pistas de esqui. Poucos minutos morro acima e chegamos no ponto final do teleférico. Dali em diante somente praticantes de esqui poderiam seguir, pois deve-se pegar um outro teleférico, este sendo somente uma espécie de cadeira aberta, onde o praticante é levado aos pontos mais altos das montanhas. Desta estação de esqui, é possível ver toda a cidade e também um trecho da estrada “Stelvio Pass”, que devido a grande quantidade de neve, estava bloqueada.

Ali onde estávamos havia bares, restaurantes e uma grande área com mesas para as pessoas passarem o dia. Porém, neste dia o clima estava muito frio e caindo muita neve, sendo assim, ficamos alguns minutos por lá para apreciar a paisagem e depois retornamos para o centro da cidade.

Novamente no centro de Livigno, era hora de almoçar e logo em seguida conhecer as lojas. Entramos em várias e realmente o bom preço de alguns produtos impressiona.

Para exemplificar um pouco, compramos um perfume Calvin Klein de 200 ml por R$ 174,15. No Brasil o mesmo perfume custa R$ 129,90 o frasco com 50 ml. Um perfume Ferrari de 75 ml que no Brasil custa R$ 163,90, lá pagamos R$ 48,60.

Continuando nosso “roteiro de compras”, encontramos uma loja que estava com produtos de inverno em liquidação, então, acabamos comprando excelentes jaquetas por um preço muito inferior do que o praticado na Suíça. As jaquetas que compramos por lá custaram R$ 450,00 (as duas). Na Suíça, o preço médio de jaquetas similares variava entre R$ 500,00 e R$ 800,00 cada uma. No Brasil encontrei algo similar na faixa de R$ 1.200,00 cada, um absurdo.

Sacolas na mão, era hora de pegar o carro e retornar à Stelvio, onde já havíamos reservado um jantar no restaurante do hotel.

No caminho de volta o sol resolveu aparecer, mudando completamente o cenário. A paisagem branca e cinza deu lugar ao verde, azul e demais cores que agora podiam finalmente ser vistas. A estrada que já era bonita ficou muito mais rica, dando a impressão de que estávamos em outro lugar.

A noite, no hotel, era a hora do nosso jantar. E que jantar… Como estávamos viajando em baixa temporada, o hotel estava relativamente vazio, e naquela noite, somente nós dois optamos por jantar no hotel. Conclusão, um restaurante só para nós. Ao entrarmos, a mesa já estava preparada, com belas louças, taças e guardanapos. O garçom muito atencioso começou a servir os pratos, preparados com produtos frescos e em sua maioria produzidos localmente. Enfim, um excelente encerramento da nossa breve estada na Itália. Para quem um dia passar por esta região, fica a nossa recomendação para conhecer o hotel Traube.

Vídeo Stelvio – Livigno (Versão longa: 29:42 min.)

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=NLMraWD1_40[/tube]

Vídeo Stelvio – Livigno (Versão curta: 12:16 min.)

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=Re83KsILt3k[/tube]